Programação

A Igreja da Missão

A Bíblia Sagrada é clara em apresentar o Deus Trino em missão. Sua missão é restaurar toda a sua criação dos efeitos danosos do pecado. E isso é incrível! Mesmo depois da queda e das rebeliões, Deus não desistiu do seu projeto, mas decidiu redimir tudo. Na Bíblia temos narrado o grande plano redentor de Deus e seus atos redentivos.

A proposta do Congresso de Missões, com o título A Igreja da Missão – Eu sou Proclamação, é refletir sobre este glorioso plano de Deus, para sedimentar o papel de cada igreja local neste processo e, também, o papel de cada cristão. A igreja precisa reconhecer cada dia mais sua identidade missional e sua vocação no grande projeto de Deus. Cada cristão, individualmente, precisa discernir seus dons e vocação para ocupar o seu lugar e servir na igreja no cumprimento da missão. Quando todos estiverem conscientes do seu papel, o nome do Senhor será proclamado, por palavras e atos, em todos os lugares, até que Cristo venha com a restauração definitiva de tudo!

PROGRAMAÇÃO

23 de novembro – Sexta-feira

20h – Culto de abertura

  • Palestra 1  |  O DEUS MISSIONÁRIOOs fundamentos da PROclamação
    Proposta:
    Mostrar que os fundamentos da atividade proclamadora da igreja, encontram-se em Deus e em sua missão. A missão nasceu na eternidade, com a trindade. Nesta palestra, iremos refletir sobre o papel das pessoas divinas na missão. Deus é um Deus missionário. Além disso, será abordado as primeiras ações da história do plano de Deus para redimir a sua criação, no Antigo Testamento, a partir do chamado de Deus para Israel. Mostrar que o Senhor deu um papel e chamado missional para este povo. A igreja continua este projeto, e herda o chamado histórico de Israel. Por isso, é de suma importância entendê-lo. Como Deus quer que seu povo seja e viva? O Antigo Testamento tem muito a nos ensinar. Engana-se quem pensa que missão é assunto do Novo Testamento. A grande comissão está no Antigo Testamento!
    Preletor: Luis Sayão

24 de novembro – Sábado

8h30 – Devocional

9h15 – 10h30 – 1º período de trilhas

AS MULTIFORMAS DA MISSÃO  |  A prática da PROclamação
Nas Trilhas serão trabalhadas questões práticas sobre a proclamação do evangelho, nas mais diferentes frentes e ministérios da igreja. No 1º e 2º período de Trilhas, cada congressista pode escolher dois temas para participar (um tema por período).

Auditório Principal (aberto)BATALHA ESPIRITUAL NO CAMPO MISSIONÁRIO

Preletora: Durvalina B. Bezerra
Nesta trilha será apresentada a fundamentação bíblica para o tema da batalha espiritual no campo missionário, além de dicas práticas de como a igreja pode se envolver neste processo.

Sala Betânia (150 vagas)MISSÃO 4X14

Preletor: Ministério de Crianças e Adolescentes Geral
Refletir sobre como proclamar, de modo eficaz, o evangelho para crianças e adolescentes. Além disso, pensar em caminhos para despertar neles o desejo pela obra missionária.

Sala Jaspe (150 vagas)QUERO IR PARA O CAMPO MISSIONÁRIO

Preletor: Osmar Pedro da Silva
Você já sentiu o desejo de ir para o campo missionário, dentro do Brasil ou noutro país? A proposta desta trilha é conversar um pouco sobre os desafios do campo missionário. O que esperar?

Centro de Convivência (250 vagas)REVITALIZAÇÃO DE IGREJAS

Preletor: Felipe José
Igrejas locais visíveis, ao longo do tempo, podem acabar entrando num processo de declínio e tornar-se irrelevante, não comunicando o evangelho de maneira eficaz para o seu tempo. Que passos a liderança pode dar para colocar devolver vitalidade a igrejas que chegam neste ponto?

Sala Belém (50 vagas)O LOUVOR MISSIONAL

Preletor: Samuel Braz
De que maneira a música pode estar a serviço da missão? Como podemos ter um ministério de louvor engajado na missão, na igreja local, com composições cristãs que falem aos de fora?

11h às 12h15 – 2º período de trilhas

AS MULTIFORMAS DA MISSÃO  |  A prática da PROclamação
Nas Trilhas serão trabalhadas questões práticas sobre a proclamação do evangelho, nas mais diferentes frentes e ministérios da igreja. No 1º e 2º período de Trilhas, cada congressista pode escolher dois temas para participar (um tema por período).

Auditório Principal (aberto)A MISSÃO DE SER E FAZER DISCÍPULOS

Preletor: Sílvio Gonçalves
A essência da missão que Cristo deixou a sua igreja está relacionada com ser e fazer discípulos. Como a igreja pode ser fiel a esta sua responsabilidade? Nesta trilha pensaremos em caminhos práticos o cumprimento desta missão. Como ter um processo de discipulado claro, na igreja local, que envolva todos os ministérios?

Sala Betânia (150 vagas)MISSÃO 4X14

Preletor: Ministério de Crianças e Adolescentes Geral
Refletir sobre como proclamar, de modo eficaz, o evangelho para crianças e adolescentes. Além disso, pensar em caminhos para despertar neles o desejo pela obra missionária.

Sala Jaspe (150 vagas)QUERO IR PARA O CAMPO MISSIONÁRIO

Preletor: Osmar Pedro da Silva
Você já sentiu o desejo de ir para o campo missionário, dentro do Brasil ou noutro país? A proposta desta trilha é conversar um pouco sobre os desafios do campo missionário. O que esperar?

Centro de Convivência (250 vagas)REVITALIZAÇÃO DE IGREJAS

Preletor: Felipe José
Igrejas locais visíveis, ao longo do tempo, podem acabar entrando num processo de declínio e tornar-se irrelevante, não comunicando o evangelho de maneira eficaz para o seu tempo. Que passos a liderança pode dar para colocar devolver vitalidade a igrejas que chegam neste ponto?

Sala Belém (50 vagas)O LOUVOR MISSIONAL

Preletor: Samuel Braz
De que maneira a música pode estar a serviço da missão? Como podemos ter um ministério de louvor engajado na missão, na igreja local, com composições cristãs que falem aos de fora?

14h30 – Palestra e Trilhas

  • Palestra 2  |  IDENTIDADE MISSIONAL DA IGREJA A comunidade da PROclamação
    Proposta: Deus chamou um povo único, dentre as nações da terra, para ser luz para as nações. Infelizmente, este povo falhou. Em vez de ser um povo diferente, se tornou como as outras nações, contaminado pela idolatria. Mesmo assim, Deus não desistiu do seu plano. Ele seria executado por outro povo, multirracial, de gente de todas as tribos, línguas e nações. Esse povo é a igreja, que herda a missão de Israel. Ela já nasce comissionada e enviada ao mundo. É uma comunidade missional por essência. A proposta desta palestra é apresentar esta verdade e suas implicações práticas.
    Preletor: Tim Carriker

16h30 às 18h – 3º período de trilhas

AS MULTIFORMAS DA MISSÃO  |  A prática da PROclamação
No 3º e 4º períodos, cada congressista pode escolher dois temas para participar (um tema por período).

Auditório Principal (aberto)UMA IGREJA PARA A CIDADE

Preletor: Caio Batista
Existe uma diferença entre ser uma igreja que está em uma cidade, e uma igreja que realmente faz diferença na cidade. O que a igreja pode fazer para ser mais ativa e relevante para a cidade ou comunidade onde está inserida? O que pode fazer com que uma igreja não seja relevante para a sociedade urbana contemporânea? Estes temas serão discutidos nesta trilha.

Sala Betânia (150 vagas)O EVANGELHO NAS UNIVERSIDADES

Preletor: Gilvânia (VANINHA) de Jesus Ramos
De que maneira a igreja pode preparar melhor os seus membros para o ambiente universitário? Como alcançar as pessoas ainda sem Cristo, neste ambiente? A capelania escolar e universitária é um caminho? Como ela funciona?

Sala Jaspe (150 vagas)PROCLAMANDO O EVANGELHO AOS ENCARCERADOS

Preletor: Capelania – Junta de Missões
Refletir sobre os desafios e a importância das igrejas locais se envolveram com a pregação do evangelho aos encarcerados. Como se envolver?

Centro de Convivência (250 vagas)A MISSÃO CRISTÃ FRENTE AS CATÁSTROFES E CALAMIDADES

Preletor: Analzira Nascimento
A igreja de Cristo possui alguma responsabilidade diante das catástrofes ou calamidades públicas, que assolam a vida de milhares de pessoas? Este tema será alvo de reflexão nesta trilha.

Sala Belém (50 vagas)A PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO E A INCLUSÃO

Preletor: Wilson Alves de Carvalho
Como o evangelho pode alcançar as pessoas com algum tipo de deficiência, de forma eficaz? Como incluir estas pessoas nos ministérios da igreja local?

20h – Culto

  • Palestra 3  |  PROCLAMAÇÃO INTEGRAL O conteúdo da PROclamação
    Proposta:
    Porque devemos proclamar o evangelho? Qual o objetivo? Para que pessoas saiam das trevas para luz, do pecado para Deus. Para que pessoas sejam transformadas, a sociedade seja transformada, o meio ambiente seja transformado. Como fazemos esta proclamação? De todas as maneiras: com palavras e ações. O que devemos proclamar? O evangelho. E o que é o evangelho? Qual seu conteúdo básico? O que deve ser anunciado aos perdidos? A “boa notícia” é Jesus: o que ele fez, o que ele é, o que ele promete e o que ele exige.
    Preletor: Fernando Duarte

25 de novembro – Domingo

8h30 – Devocional

9h15 – 10h30 – 4º período de trilhas

AS MULTIFORMAS DA MISSÃO | A prática da PROclamação

Nas Trilhas serão trabalhadas questões práticas sobre a proclamação do evangelho, nas mais diferentes frentes e ministérios da igreja. No 4º período de Trilhas, cada congressista pode escolher um tema para participar.

Auditório Principal (aberto)AS DIFERENTES VOCAÇÕES E A MISSÃO CRISTÃ

Preletor: Eleilton William
Todos os cristãos são vocacionados por Deus e devem estar envolvidos, de algum modo, na missão de Deus no cotidiano. A proposta desta trilha é encorajar os participantes a discernirem a vocação de Deus para suas vidas e as oportunidades de serviço em seu reino, através de um estudo bíblico sobre a vocação cristã. Mostrar o quanto a nossa vocação pode ser utilizada para modificar os ambientes onde estamos.

Sala Jaspe (150 vagas)PROCLAMANDO O EVANGELHO AOS ENCARCERADOS

Preletor: Capelania – Junta de Missões
Refletir sobre os desafios e a importância das igrejas locais se envolveram com a pregação do evangelho aos encarcerados. Como se envolver?

Sala Betânia (150 vagas)O EVANGELHO NAS UNIVERSIDADES

Preletor: Gilvânia (VANINHA) de Jesus Ramos
De que maneira a igreja pode preparar melhor os seus membros para o ambiente universitário? Como alcançar as pessoas ainda sem Cristo, neste ambiente? A capelania escolar e universitária é um caminho? Como ela funciona?

Sala Belém (50 vagas)A PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO E A INCLUSÃO

Preletor: Wilson Alves de Carvalho
Como o evangelho pode alcançar as pessoas com algum tipo de deficiência, de forma eficaz? Como incluir estas pessoas nos ministérios da igreja local?

Centro de Convivência (250 vagas)PREGAÇÃO BÍBLICA E RELEVANTE

Preletor: Alexandre Jorge
Como pregar o evangelho de modo fiel e que faça sentido as pessoas do nosso tempo? A resposta: contextualizando a mensagem. Contextualizar-se significa pre-gar o evangelho de maneira que as pessoas entendam. O evangelho não pode ser pregado num vácuo histórico e cultural.

10h45 – Culto de encerramento

  • Palestra 4  |  ATÉ OS CONFINS DA TERRA – O término da PROclamação
    Proposta: Refletir sobre a missão da igreja em proclamar o evangelho até os confins da terra e a todas as etnias antes do tempo do fim, à luz de Apocalipse 11, que trata das duas testemunhas. A proposta seria relacionar o cumprimento da missão com a chegada do fim, da grande tribulação, do surgimento do Anticristo, etc. Ninguém pode para a igreja até que ela cumpra a sua tarefa proclamadora. E é exatamente porque Jesus quer discípulos de todas as nações e deseja que o evangelho chegue a todas as etnias, que a igreja local deve se envolver com missão transculturais.
    Preletor: José Lima de Farias Filho

Apoio